l

Ut wisi enim ad minim veniam, quis laore nostrud exerci tation ulm hedi corper turet suscipit lobortis nisl ut

Recent Posts

    Sorry, no posts matched your criteria.

Segunda à Sexta: 08h:00 - 19h:30 Sábados: 09h - 13:00h
(31) 98711-5856
Já somos 6 lojas pra melhor te atender
a

Farmácia Vida Natural

Melatonina reduz o estresse oxidativo e regula os niveis de adipocinas em obesos.

Reduz o peso corporeo e os níveis de malondialdéido e aumenta a capacidade antioxidante.

A melatonina é um hormônio sintetizado a partir do tripofano pela glândula pineal. Este hormônio regula o ritmo circadiano, alivia a insônia e a dissincronose. Além disso, mostrou estar relacionado a funções imunomodulatórias, anti-inflamatórias, atntimorais, antioxidantes e cronobióticas.

A melatonina exerce alguns dos seus efeitos fisiológicos através de receptores de membrana. Esse hormônio influencia o ritmo de vários processos fisológicos durante a noite: a digestão torna-se mais lenta, a temperatura corporal cai, o ritmo cardíaco e a pressão sanguínea diminuem e o sistema imunológico e estimulado. Dessa forma, o potencial terapêutico da melatonina ultrapassa o tratamento de distúrbios do sono e exibe propriedades neuroprotetoras e antitumorais em muitas condições experimentais. A melatonina também foi relatada como eficaz nos casos de doença de alzheimer, obesidade, doenças cardiovasculares e doenças ósseas isoladamente ou em combinação com outros fármacos.
Estudos tem analisado o uso deste hormômio em desordens metabólicas com efeitos na redução de peso, aumentando da capacidade antioxidante e diminuição da gordura hepática.

Estudo Clínico

Estudo conduzido por Szewczyk-Golec teve objetico de avaliar os efeitos da melatonina no estresse oxidativo e nos niveis de Adipocinas em pacientes obesos com dieta de restrição calórica.
Para isso, 30 pacientes participam deste estudo clínico, randomizado e placebo controlado. Eles foram alocados em dois grupos pare receberem a seguinte posologia por 30 dia:

Grupo 1(n=15)
Melatonina 10 mg
Dose diaria

Grupo 2(n=15)
Placebo
Dose diária

Os níves séricos de melatonina, 4-hidroxinomenal(HNE), adiponectina, omentina-1, leptina, resistina, malondialdéido (MDA), superóxido dismutase, catalase e glutationa peroxidase (GPx) foram avaliados na linha base após o período de tratamento.

Resultados

Houve significativa perda de peso nos pacientes tratados com melatonina.
Após a suplementação com melatonina, a atividade da adioponectina, da omentina-1 e da peroxidase glutiona aumentaram de maneira significativa.
Os niveis de MDA foram diminuídos após a suplementação de melatonina.
Os resultados mostraram aumento do estresse oxidativo associado ao tratamento com placebo.

Conclusão

A suplementação com melatonina facilitou a perda de peso, melhorou a defesa antioxidante e regulou a síntese de Adipocinas. Estes dados sugerem fortemente que a melatonina pode ser considerada um tratamento para pacientes obesos.

Post a Comment

Vida Natural
Acesso a área restrita

close-link