l

Ut wisi enim ad minim veniam, quis laore nostrud exerci tation ulm hedi corper turet suscipit lobortis nisl ut

Recent Posts

    Sorry, no posts matched your criteria.

Segunda à Sexta: 08h:00 - 19h:30 Sábados: 09h - 13:00h
(31) 98711-5856
Já somos 6 lojas pra melhor te atender
a

Farmácia Vida Natural

Entenda a necessidade e importância sobre o conhecimento dos anabolizantes.

Suplemento e Anabolizantes. Entenda a diferença.

Existe ainda muita confusão sobre esse assunto, muita gente tem em mente que suplementos alimentares são idênticos aos esteroides anabolizantes – popularmente conhecidos como “bombas”. Essa confusão acaba gerando um certo preconceito com um produto que pode ajudar e muito a atletas profissionais e a pessoas comuns, que só querem melhorar seu desempenho e a performance geral do seu corpo.

Suplementos alimentares (Nutrição Esportiva) não são anabolizantes. São totalmente diferentes na formulação, matéria prima e aplicações, bem como nos efeitos desejados.

Como é composto o suplemento alimentar?

A composição de suplementos alimentares é realizada à base de ingredientes naturais, que são retirados de fontes confiáveis e naturais.

Elementos como proteínas, carboidratos, aminoácidos, vitaminas, minerais e outros, são utilizados nesse tipo de formulação – contribuindo para uma dieta balanceada, melhoria de performance do corpo e o bom funcionamento do organismo.

Esses produtos são feitos por laboratórios de alimentos e tem como função, oferecer um suporte à alimentação cotidiana – em geral, de atletas e de pessoas com atividades físicas intensas – de modo a prover melhor desenvolvimento físico.

Suplementos mais conhecidos:
Vitamínicos – Vitamina E, Multivitamínicos que repõem a carga de vitaminas gastas nas atividades. A necessidade de vitaminas e minerais de um esportista é bem maior que a de um indivíduo sedentário.
Carboidratos – são os energéticos fornecedores e repositores de energia que ajudam a manter o rendimento e a disposição durante uma atividade física intensa e prolongada.
Protéicos – É o suplemento mais comum e, na maioria das vezes, é vendido em pó. Serve para construir os músculos. Suplementos basicamente feitos de proteínas, quando consumidos corretamente, fazem com que a musculatura cresça e se regenere mais rapidamente. A recomendação é que seja consumida após o exercício físico.
Termogênicos – Também conhecidos como queimadores, os termogênicos transformam em energia as calorias provenientes da gordura corporal e da alimentação, auxiliando fortemente no emagrecimento.

Conhecendo os nomes mais utilizados em suplementos:

Whey – É a proteína do soro do leite. O Whey Protein é considerado por muitos o melhor suplemento e provavelmente o mais usado. Glutamina – É o aminoácido mais presente no corpo humano. Mesmo assim, precisa ser suplementado porque, segundo especialistas, seus níveis caem quando fazemos algum exercício aeróbico. A falta desse aminoácido no organismo de um atleta pode causar perda do tecido muscular e enfraquecimento do sistema imunológico. Maltodextrina – É um carboidrato complexo proveniente do amido de milho. Creatina – É composta por dois aminoácidos que são produzidos em nossas células: glicina e arginina. A principal responsável pela ressíntese de ATP (energia do músculo), nos 10 primeiros segundos de exercício máximo. Albumina – É proveniente da clara do ovo, considerada uma proteína completa e de alta qualidade. Cafeína, Chá Verde e Guaraná – São os termogênicos mais comuns, excelentes no aumento da performance nos exercícios, estimulando a adrenalina e impulsionando o fluxo sanguíneo, ajudam a metabolizar a gordura gerando energia e calor, auxiliando no emagrecimento.

Como é composto o esteroide anabolizante?
Como os resultados são intensos e muito mais rápidos, alguns raros atletas e pouquíssimos praticantes de musculação fazem uso desse tipo de elemento, para ganhar resultados de força, de ganho de massa muscular e redução de tecido adiposo – onde concentra-se a gordura corporal – bem mais rapidamente. Digo que são raros esses usuários, pois já são bem populares os efeitos colaterais causados por esse tipo de medicamento.As populares bombas são manipuladas em laboratórios farmacêuticos, com substâncias químicas que, quando sintetizadas, mexem na composição hormonal do indivíduo. O uso médico dos anabolizantes é feito para casos de atrofia dos membros, ou dificuldade no desenvolvimento muscular e/ou motor, geralmente causado por alguma doença ou em indivíduos que nasceram com uma predisposição genética. São consumidos de forma oral (comprimidos) e injetável.Todo uso de esteróides deve ser orientado por médicos e/ou fisiologistas, para resultados seguros. A automedicação pode levar a sérios danos e até à morte.

A favor dos Suplementos

Os suplementos alimentares podem proporcionar grandes benefícios ao organismo humano, pois são, nada mais nada menos, que substâncias já encontradas na nossa alimentação. Como nem sempre conseguimos extrair as proteínas, vitaminas e minerais em quantidade satisfatória dos alimentos, entram aí os suplementos alimentares. Aliás, suplementar significa justamente complementar, suprir aquilo que não está em quantidade satisfatória.

Vamos usar como exemplo o suplemento protéico, tão famoso entre pessoas que querem aumentar massa muscular/magra.

As proteínas são encontradas em carnes, leite, ovos, leguminosas e outras fontes tanto de origem animal quanto vegetal. Na suplementação esportiva, a proteína em sua grande maioria é a mesma do leite ou da clara de ovo, porém altamente concentrada, facilitando a ingestão e suprindo a necessidade de quem tem um gasto proteico maior, como os atletas. Assim, ao invés de tomar litros de leite ou comer dúzias de ovos, utilizam o famoso Whey em um volume que é aceitável para o tamanho de seu estômago, conseguindo a quantidade de aminoácidos correspondente ao resultado que se deseja alcançar.
Outras diferenças entre suplementos e anabolizantes:

Os suplementos suprem carências nutricionais do organismo, têm formulação próxima aos próprios alimentos.
Os anabolizantes lidam com desequilíbrios hormonais.
Suplementos têm selo de validação da ANVISA, sem necessidade de receituário médico.
Anabolizantes são substâncias sintetizadas em laboratório, de uso controlado. São drogas, indicadas para pessoas que sofrem de problemas de saúde.
Suplementos ajudam na dieta, indicados a indivíduos saudáveis que querem melhorar seu desempenho em treinamentos de força, resistência e velocidade (+performance).
Anabolizantes devem ser administrados com cuidado, às vezes com necessidade inclusive de equipe de enfermagem para sua administração.

Considerações finais sobre as diferenças entre anabolizantes e suplementos

É fundamental prestar atenção na composição de cada produto e às suas necessidades físicas, conforme o resultado que se espera. Suplementos podem ser consumidos por jovens, adultos e idosos, especialmente nos dias de hoje em que a alimentação costuma ser repetitiva e muito industrializada. Mas se você tem dúvidas se vai ser beneficiado pela suplementação, sempre vale a pena consultar um nutricionista. Anabolizantes só podem ser receitados por médicos endocrinologistas ou de especialidades afins, levando-se em conta dosagens hormonais e avaliação clínica criteriosa, com posterior acompanhamento enquanto estiver utilizando.

Suplementos: usados dentro da normalidade, visando não só a estética, mas o bem estar, a saúde e a melhora na performance.

Anabolizantes: usados no tratamento de patologias e enfermidades relacionadas como atrofia muscular severa, osteoporose, anemia, má formação de testículos e outras partes do aparelho reprodutor, e doenças renais. Erroneamente utilizado para melhoria da performance física e alteração artificial da estrutura muscular.

Post a Comment

Vida Natural
Acesso a área restrita

close-link